Sobre nós
gallery/treino

História, Enquadramento e Conceito

 

A Associação Pata D’Açúcar é uma associação sem fins lucrativos, constituída legalmente em dezembro de 2016, cujo objetivo é impulsionar, promover, propor, proceder e auxiliar o treino de cães com vista à deteção antecipada de crises de hipoglicémia em seres humanos portadores da doença de diabetes.

 

No encalço do seu objetivo, a associação desenvolveu o projeto, pioneiro em Portugal, que engloba duas causas sociais em simultâneo, dar um contributo para a diminuição do abandono de animais em Portugal e em paralelo permitir aos diabéticos
dispor de mais um meio complementar de controlo das suas glicemias.

 

O conceito do projeto assenta na triangulação da ideia do cão como animal de companhia, o aproveitamento das suas capacidades olfativas inatas e a capacidade final, após o treino, de detetar e sinalizar baixas de glicemia. A conciliação dos três fatores reforçam os laços afetuosos entre o homem e o cão, passando este a ser visto não apenas como animal de companhia mas como um poderoso auxílio preventivo para a gestão dos níveis de glicose no sangue de um diabético.
 


 

Fundamentação

 

De acordo com o Relatório Anual do Observatório Nacional da Diabetes podemos constatar, para além de outros factos, a existência de 387 milhões de pessoas com diabetes em 2014 e que mais de 79 mil crianças e jovens desenvolveram diabetes tipo 1 em 2013.


Para além dos factos referentes à doença da diabetes observa-se que no que respeita aos animais e às suas capacidades, estes podem auxiliar o homem de uma forma muito positiva. Atendendo aos factos descritos e à conhecida capacidade olfativa do cão, após o treino adequado, no quotidiano do diabético pode constituir-se numa poderosíssima “ferramenta” de elevada utilidade, na medida em que, o estímulo para a prática de atividade física aumenta pelas exigências fisiológicas do animal, em simultâneo a proteção do diabético face às baixas de glicemia reforça-se pelas potencialidades, desenvolvidas para o efeito, no treino dos animais.

gallery/pata solo-01

Estrutura

 

A estruturação do Projeto Pata d’Açúcar divide-se em duas fases. A fase I, concluída em dezembro de 2016 teve a duração de um ano e permitiu testar todo o projeto na sua génese, bem como a definição dos protocolos de treino necessários para por em prática a fase II.

 

Na fase II criou-se o necessário banco de amostras de saliva, exclusivo à Associação Pata D’Açúcar, e que sustentou todo o treino desenvolvido no nosso primeiro cão. A fase II do projeto teve início em janeiro de 2017 e tem uma previsão de duração de cerca de um ano. Esta fase é composta por três níveis de desenvolvimento que se compõem pela seleção das instituição beneficiárias, seleção das instituição a colaborar, seleção dos cães a participar, treino, certificação dos cães, seleção de beneficiários, transição para detentores e respetiva manutenção.

 

Referências

 

O desenvolvimento do projeto Pata d’Açúcar adotou como referências, trabalhos desenvolvidos em outros países como o Reino Unido e Estados Unidos da América.

Os estudos desenvolvidos nesses países, por instituições de reconhecimento internacional, foram fundamentais para o desenvolvimento dos protocolos de treino e estabelecimento de metas do projeto.

A Nossa Equipa

 

Nuno Benedito - Presidente

 

José Antunes - Vice-Presidente

 

Manuel Veiga - Presidente Assembleia Geral